Mai 25, 2019

Faça seu login

Usuário*
Senha*
Lembrar de mim

"Polícia Civil só terá aumento salarial se a PM tiver também”, garante deputado do DF

1
0
0
s2smodern

A semana começou com uma grande vitória para os mais de 11 mil homens da Polícia Militar do Distrito Federal e para os mais de 4 mil do Corpo de Bombeiros Militares, após uma articulação feita pelo deputado distrital João Hermeto junto a Presidência da República.

Os militares do DF, segundo garante ele, terão o mesmo aumento de salário, estipulado pelo governador Ibaneis Rocha a Policia Civil do DF que receberá o mesmo que recebe um policial federal.

Na quarta-feira (27), o deputado distrital amanheceu no gabinete do subchefe adjunto da assessoria jurídica da Presidência da República, Jorge Oliveira de quem é amigo de longas datas.

O advogado que também é major reformado da Policia Militar do Distrito Federal, trabalha há mais de 20 anos com o presidente Jair Bolsonaro. O pai do major, já falecido, foi chefe de gabinete do então deputado Bolsonaro até o ano passado.

Foi do Major Jorge Oliveira que o distrital João Hermeto teve a garantia na defesa de que a Polícia Militar do DF não ficará abaixo na questão salarial do que recebe a Polícia Civil.

Além do mais, o distrital conta com outro apoio do amigo de peso e de grande importância para consolidar o pleito dos militares do DF: o do também major reformado da PMDF Pedro César Nunes de Souza que é chefe de gabinete do presidente Bolsonaro.

“Tenho a informação concreta que jamais o presidente Bolsonaro mandaria uma mensagem para o Congresso Nacional sem dar a devida valorização aos policiais militares e bombeiros, bem como a valorosa Polícia Civil”, disse ele.

O parlamentar destacou o empenho que está sendo feito pelo governador Ibaneis Rocha e pelo secretário de Segurança Anderson Gustavo Torres, no sentido de assegurar melhores condições de trabalho aqueles que garante diariamente a segurança dos mais de três milhões de brasilienses.

O secretário de Segurança Anderson Torres esteve pessoalmente com o presidente Jair Bolsonaro esta semana para tratar sobre a demanda salarial da Polícia Civil, Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

O governador Ibaneis Rocha também esteve na última terça feira (26), com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Ibaneis estava acompanhado do diretor-geral da Polícia Civil do Distrito Federal, Robson Cândido, e do secretário de Fazenda do DF, André Clemente.

O chefe do Executivo do DF foi levar às mãos do ministro o texto do projeto que viabiliza a paridade de salários entre as polícias Civil e Federal.

Ele aproveitou para falar sobre os salários dos policiais militares que também é bancado pelo Fundo Constitucional do Distrito Federal.

O FCDF é abastecido pela União e leva em conta percentual sobre a receita corrente líquida do governo federal.

“Nos quatro anos do governo Rollemberg, foi a Polícia Militar que segurou a onda toda , enquanto a Polícia Civil fazia greve para conquistar uma reivindicação justa que era a equiparação salarial com a Polícia Federal. Brasília só não se transformou em uma terra de ninguém por causa da brava e valorosa PM”, contou o deputado Hermeto ao Radar para reafirmar o quanto é importante valorizar quem faz o policiamento preventivo.

Ele disse ainda que a PMDF tem um compromisso centenário de proteger a população e que as ameaças de “operações tartarugas” , como ocorreu no passado, nunca serão o melhor caminho para que a PMDF seja valorizada e tenha o respeito da sociedade.

“Eu não tenho dúvida de que, pela primeira vez, as forças de segurança do DF têm um representante e uma voz a altura de suas necessidades dento da Câmara Legislativa. Vou lutar, vou brigar no que for preciso para dar dignidade aos nossos bravos policiais, sejam eles militares ou civis. Tenho a plena convicção que é isso que a população do DF deseja: ter uma boa segurança”, disse João Hermeto.

Radar DF


DELEGADOS.com.br
Portal Nacional dos Delegados & Revista da Defesas Social

 

1
0
0
s2smodern

Destaques