Início Notícias Novas imagens mostram momento exato da queda do helicóptero da PRF em...

Novas imagens mostram momento exato da queda do helicóptero da PRF em BH

MG: Aeronave transportava uma das vítimas de um acidente entre duas carretas no Anel Rodoviário de Belo Horizonte.

O que se sabe sobre pouso forçado de helicóptero da PRF em Belo Horizonte

Novas imagens mostram o momento exato da queda do helicóptero da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que transportava uma das vítimas do acidente entre duas carretas nesta segunda-feira (8) no Anel Rodoviário de Belo Horizonte. Uma câmera em um carro registrou a cena.

Segundo a corporação, a aeronave precisou fazer um pouso de emergência logo após decolar. Ninguém se feriu.

O pouso forçado foi realizado na Avenida Tereza Cristina, que ficou totalmente interditada. Segundo o comandante da PRF Aurélio Leal, a aeronave sofreu uma queda de rotação.

 

“Nós estávamos em seis. Todo mundo bem, ninguém se feriu, graças a Deus, o local foi o melhor possível depois que a gente teve a queda de rotação. Infelizmente, a cauda bateu na cerca”, disse.
O acidente entre as carretas no Anel Rodoviário, na Região Oeste da capital, deixou três pessoas feridas.

A bordo da aeronave estavam o comandante Aurélio Leal, o operador da PRF Lucas Puppim, o copiloto Marlus Paiva, o médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) Júlio Guerra e o enfermeiro Alexsandro Marcos, além da vítima do acidente entre as carretas, que foi levada de ambulância para o Hospital João XXIII.

A perícia da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) foi acionada.

O órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) foi acionado para realizar a a ação inicial da ocorrência, para coleta de dados, preservação de indícios, verificação dos danos causados e outras informações necessárias para a investigação.

Em nota, a PRF afirmou que a aeronave envolvida na ocorrência está com a manutenção e documentação regulares.

“As aeronaves da Polícia Rodoviária Federal passam por rigoroso processo de aquisição, guarda e manutenção e operam com tripulantes também rigorosamente selecionados, treinados e checados”, disse a instituição.
Aeronave arrancou telhas

A aeronave arrancou telhas de casas da região no momento entre a decolagem e o pouso.

“Na hora que ele subiu, as telhas caíram tudo dentro de casa. Para não machucar meu filho, eu pulei em cima dele. O helicóptero saiu com um barulho esquisito e do nada começou a cair tudo”, contou a auxiliar administrativo Elisa Loures.

O motorista Vitor Fabiano passava próximo ao local do resgate e viu o pouso forçado bem de perto.

“Um susto, né? Logo na minha frente. Coisa de segundos que eu não passava por baixo, foi Deus mesmo”, falou.

g1 Minas

DELEGADOS.com.br
Portal Nacional dos Delegados & Revista da Defesa Social