Jun 20, 2019

Faça seu login

Usuário*
Senha*
Lembrar de mim

Associação de delegados rebate fala de Najila sobre 'polícia comprada'

1
0
0
s2smodern

A Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo repudiou uma declaração da modelo Najila Trindades Mendes de Souza, de 26 anos, que lançou dúvidas sobre a lisura do trabalho da Polícia Civil na apuração da acusação de estupro que fez contra o atacante Neymar.

Cosme Rímoli: "A polícia está comprada, né? Ou não? Ou eu estou louca?" Najila

Em entrevista ao SBT, a modelo disse que a polícia poderia ter sido "comprada" pelos representantes do jogador, frase repudiada — por meio de nota — pela entidade que representa os delegados paulistas.

"Antes de mais nada, reafirmamos nossa solidariedade a toda e qualquer vítima de violência de gênero e o compromisso da Polícia Civil do Estado de São Paulo em combater com rigor este tipo de crime. Todavia, não podemos tolerar que afirmações sem qualquer fundamento venham a macular a honra de policiais e a imagem de toda uma instituição", afirmou Gustavo Mesquita Galvão Bueno, presidente da ADPESP.

O texto ressaltou a respeitabilidade de uma instituição com mais de 100 anos de história e frisou que toda investigação realizada pela Polícia Civil é "inequivocamente regida pelos princípios da isenção e imparcialidade, e seu único compromisso é com a busca pela verdade".

"Reafirmamos, assim, nossa estrita confiança no trabalho da delegada de polícia que preside a investigação, na equipe do Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt, referência nacional em identificação digital, bem como nos demais policiais civis que nela labutam", finalizou a nota.

Depoimentos

Najila Trindade foi ouvida por mais de seis horas na semana passada pela delegada Juliana Lopes Bussacos, titular da 6ª DDM (Delegacia de Defesa da Mulher), em Santo Amaro, na zona sul de São Paulo, que preside o inquérito.

O atacante Neymar deverá prestar depoimento até o fim desta semana. Nesta terça-feira, a polícia ouve Rodrigo Sino Galo, responsável por comprar as passagens para Paris em nome da modelo, além de um amigo do jogador.

Neymar não é o único! Relembre as acusações de estupro contra atletas

R7

DELEGADOS.com.br
Portal Nacional dos Delegados & Revista da Defesa Social

 

1
0
0
s2smodern

Destaques