Jun 05, 2020

Acusado de tentar matar delegado Danilo Barroso é baleado

1
0
0
s2smodern

 Delegado Walter Cunha, do DHPP


Em entrevista ao GP1 na manhã desta terça-feira (7) o delegado Walter Cunha, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), informou que dois homens foram presos acusados de tentar matar o delegado Danilo Barroso em Floriano. As prisões foram efetuadas na segunda-feira (6).

Conforme informado pelo delegado, dois acusados foram presos e outro ainda está foragido, mas já foi identificado e deverá ser preso nos próximos dias. As identidades dos bandidos não foram reveladas. Um deles havia sido baleado, quando o delegado Danilo Barroso revidou à tentativ de homicídio ocorrida no domingo, o que facilitou a identificação do suspeito.


"Foram presos os dois e o terceiro elemento já foi identificado. Lá já está tudo esclarecido, quando a gente chegou lem Floriano já tinha identificação e a gente só fez diligências junto com eles e conseguimos prender um dos executores, que foi baleado na troca de tiros”, afirmou.

Walter Cunha disse ainda que o delegado Danilo conseguiu alvejar um dos bandidos no punho. O carro do delegado, diferente das informações repassadas inicialmente, não era blindado.


Tentou fugir

O bandido que foi baleado no punho, segundo o delegado Walter Cunha, estava escondido em um matagal e tentou empreender fuga ao avistar os policiais. O certo, no entanto, contou com 50 policias e foi efetuada a prisão do bandido.

"Eles dois foram presos no Juá, um bairro que fica próximo da beira do rio. O baleado foi preso por volta de meio dia, ele estava embrenhado no mato, estava sentado em uma cadeira de espaguete, já tinha solicitado uma pessoa para fazer um curativo. Quando ele viu a movimentação cercando, ele ainda tentou fugir, atravessou uma lagoa, mas a gente fez um certo muito grande, eram mais de 50 policiais envolvidos”, continuou.


Confessaram o crime

"Eles relatam a mesma coisa, eles confessam. O crime está totalmente esclarecido. O depoimento deles é mais esclarecedor ainda. Ele fala que passou informação, o outro disse que estava no local, armado”, disse Walter Cunha.


Investigações

Apesar do delegado Walter Cunha ser do DHPP e ter ido auxiliar as diligências, a delegada responsável pelo caso é Nayana Paz, de Floriano. A ação contou com o apoio também do delegado regional de Floriano, Bruno Ursulino.


Veja a reportagem:  A cada domingo, delegados sofrem tentativa de homicídio em frente à Central de Flagrantes no PI

 
G1


DELEGADOS.com.br
Revista da Defesa Social & Portal Nacional dos Delegados

 

 

1
0
0
s2smodern

Destaques