Nov 26, 2020

Sindpesp repudia exposição ilegal de imagens como julgamento antecipado de atos de delegados

1
0
0
s2smodern

Raquel Gallinati, presidente do SINDPESP, Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo

O SINDPESP, instituição que prevê entre as suas atribuições o dever de velar pela dignidade dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo, defendendo os interesses, direitos, prestígio e prerrogativas dos seus integrantes (art. 3º, do Estatuto Social), vem a público, por intermédio de sua Diretoria, para o fim de hipotecar solidariedade aos Delegados de Polícia Doutores DOMINGOS PAULO NETO, ALDO GALIANO JÚNIOR, ÉDER PEREIRA DA SILVA, HÉLIO BRESSAN, JOSÉ EDUARDO ZAPPI e WILSON ROBERTO ZAMPIERI e outros policiais civis, pela exploração midiática das imagens destes servidores e pelo julgamento antecipado, sem proporcionar o sagrado direito de defesa, com relação às acusações formuladas na Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público do Estado de São Paulo.


​O SINDPESP se insurge contra essa verdadeira execração pública, pois tais fatos causam danos irreparáveis à honra e dignidade dos policiais civis, que prestaram relevantes serviços à Polícia Civil e população do Estado de São Paulo.


​O SINDPESP, finalmente, sem entrar no mérito das acusações que incidem sobre os mencionados policiais, repudia a utilização de tais fatos com o nítido propósito de denegrir a imagem das Autoridades Policiais e a atingir a credibilidade da Polícia Civil do Estado de São Paulo.


São Paulo, 19 de novembro de 2020.


SINDICATO DOS DELEGADOS DE POLÍCIA DO ESTADO DE SÃO PAULO

DELEGADOS.com.br
Portal Nacional dos Delegados & Revista da Defesa Social

 

 

1
0
0
s2smodern

Destaques