Início Notícias Furtado em supermercado, delegado do RJ pede R$ 20 mil em indenização

Furtado em supermercado, delegado do RJ pede R$ 20 mil em indenização

RJ: Caso aconteceu em 2021, na zona norte do Rio, num dia em que a loja estava lotada. Delegado aponta descaso do supermercado


Um delegado da Polícia Civil do Rio de Janeiro que teve o celular furtado em um supermercado na zona norte carioca, em 2021, cobra na Justiça R$ 20 mil de indenização por danos morais.

Gabriel Bidarra Rodrigues de Carvalho teve o aparelho tirado do bolso de sua bermuda, num dia em que a loja do supermercado Mundial da rua Santo Afonso, na Tijuca, estava lotada. Além dos R$ 20 mil de indenização, o delegado quer ser ressarcido em R$ 679, valor que pagou pelo celular.

A alegação de Bidarra à Justiça é que houve descaso e negligência do supermercado. À época do furto, ele disse ter procurado a coordenação de segurança da loja, porém, não recebeu uma cópia do registro feito ao setor responsável. O delegado também afirmou não ter sido procurado até hoje pelo Mundial.

“Sabendo dos furtos que aconteciam dentro da filial do supermercado, a ré não tomou nenhuma providência no sentido de colocar mais segurança para elidir os furtos dentro do estabelecimento, o que revela sua negligência”, disse a ação movida por Gabriel Bidarra, que tramita no 8º Juizado Especial Cível da Tijuca.

Metrópoles

DELEGADOS.com.br
Portal Nacional dos Delegados & Revista da Defesa Social