Mai 30, 2020

Facebook vai avisar quem interagiu com informações falsas sobre o coronavírus

1
0
0
s2smodern

 

O Facebook anunciou nesta quinta-feira (16) uma nova ferramenta para evitar o compartilhamento de informações falsas do coronavírus. Usuários que tiverem interação em postagens com boatos sobre a pandemia serão notificados.

"Queremos conectar pessoas, que possam ter interagido com informações prejudiciais ​​sobre o vírus, com a verdade de fontes oficiais", disse a empresa, em comunicado.


O Facebook também vai conectar as pessoas com informações checadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) que mostram uma lista de mensagens falsas, incluindo as que já foram tiveram a publicação removida.

Um relatório da ONG Avaaz, que combate a desinformação nas redes sociais, mostrou que 100 exemplos dessas mensagens falsas no Facebook foram replicadas 1,7 milhão de vezes e tiveram 117 milhões de visualizações em 6 idiomas analisados.

"Agir contra a desinformação sobre o coronavírus pode salvar vidas neste exato momento, mas essa medida é apenas o primeiro passo. As pessoas expostas a desinformação sobre sarampo, conteúdo antivacina ou desinformação política também merecem ser protegidas", afirmou Flora Rebello Arduini, coordenadora de campanhas Avaaz, em comunicado.

No final de março, a empresa também anunciou mudanças no Instagram para o combate ao coronavírus: qualquer procura pelos termos "coronavírus" ou "Covid-19" vai resulta em uma mensagem educacional, com conexão a informações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e de ministérios da saúde locais.

O Instagram disse que também iria começar a remover da seção de perfis recomendados aqueles que forem relacionados ao Covid-19. Alguns conteúdos que tratem da doença seriam removidos da aba "Explorar", a menos que sejam de organizações de saúde confiáveis.


G1

DELEGADOS.com.br
Revista da Defesa Social & Portal Nacional dos Delegados

 

1
0
0
s2smodern

Destaques