Mai 27, 2022

Traficante mais procurado do ES liga para delegado durante operação em Vitória

1
0
0
s2smodern

Policiais civis encontraram esconderijo na casa do pai de traficante foragido no ES. Crédito: Polícia Civil

Policiais civis encontraram um esconderijo dentro da casa do pai do traficante Fernando Moraes Ferreira Pimenta, conhecido como "Marujo", no Bairro da Penha, em Vitória, na manhã desta sexta-feira (29). Durante a operação, o próprio Marujo ligou por chamada de vídeo para uma tia e pediu para falar com o delegado Marcelo Cavalcanti, mas o policial não quis atendê-lo. Ele disse que o pai poderia passar mal devido à ação.


"A surpresa foi quando um policial me indagou quando estávamos fazendo a busca acerca do Marujo no telefone, uma chamada de vídeo pedindo para falar com o delegado responsável. Logicamente não falamos com ele, não temos nada a falar com ele. Marujo tem que prestar contas à Justiça!", afirmou o delegado.


A operação foi realizada por policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vitória. Duas pessoas foram presas. No entanto, Marujo, o alvo da operação, não estava no local.


"Marujo" é um dos criminosos mais procurados do Estado. Ele é o primeiro da lista dos foragidos de alta periculosidade, que foi divulgada pela Polícia Civil em janeiro deste ano. Segundo a instituição, ele é o líder de uma organização criminosa sediada no Bairro da Penha e que comanda o tráfico de drogas em outros pontos da Grande Vitória.


Um vídeo mostra que o esconderijo ficava atrás de um guarda-roupas em um quarto da residência e dava acesso a um vão de aproximadamente 30 centímetros de largura, provavelmente usado por criminosos para fugir de buscas policiais. De acordo com o delegado Marcelo Cavalcanti, o mandado permitia que a polícia fizesse até escavações na casa do pai de Marujo.

 
O suspeito está foragido há cerca de cinco anos e diversas operações foram realizadas no Espírito Santo e no Rio de Janeiro para prendê-lo. Para encontrar o esconderijo, os policiais precisaram quebrar a parede. Além do mandado de busca e apreensão na casa do pai do traficante, foram cumpridos dois mandados de prisão na região.


Os dois presos na operação desta sexta são Diego do Nascimento Rosa, de 28 anos, e Jonathan de Oliveira Martins da Silva, de 26 anos. Contra Diego havia um mandado de prisão preventiva por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Já Jonathan tinha um mandado de prisão em aberto pelos mesmos dois crimes e por organização criminosa.


Vulgarmente conhecido como Lobinho, o Jonathan também era um alvo da Operação Sicário. "Segundo as investigações, ele ocupava uma importante função no Primeiro Comando de Vitória (PCV), sendo um dos indivíduos que empunhava armas para garantir a segurança das bocas de fumo, bem como para dar ataques a facções rivais", explicou o delegado.


A Gazeta


DELEGADOS.com.br
Portal Nacional dos Delegados & Revista da Defesa Social

 

 

1
0
0
s2smodern

Destaques