Jul 21, 2019

Faça seu login

Usuário*
Senha*
Lembrar de mim

E-mails mostram tentativa de prefeito de 'derrubar' delegado seccional de Sorocaba

1
0
0
s2smodern

Prefeito Crespo tentou substituir o delegado seccional de Sorocaba, Marcelo Carriel — Foto: Reprodução/TV TEM

A TV TEM teve acesso a mensagens enviadas pelo prefeito de Sorocaba (SP), José Crespo (DEM), em que ele tenta a substituição do delegado seccional de Sorocaba, Marcelo Carriel, responsável por duas investigações na cidade que envolvem a prefeitura: a operação Casa de Papel e a atuação de Tatiane Polis como voluntária.

Crespo pediu substituição de delegado em e-mail — Foto: Reprodução/TV TEM

No email enviado ao vice-governador Rodrigo Garcia, também do DEM, Crespo reclama do atual delegado seccional, dizendo que ele é inimigo tanto do prefeito quanto do vice-governador. Por isso, pede que seja tomada alguma atitude preventiva diretamente com o general João Camilo, o atual secretário de Segurança Pública de São Paulo.

Nas mensagens, Crespo diz ainda que abaixo do secretário a pirâmide estaria contaminada e sugere ao vice-governador que essas pessoas estariam ao lado do delegado de Sorocaba.

Imagem mostra pedido de Crespo — Foto: Reprodução/TV TEM

Depois disso, no começo deste ano, Crespo manda um recado ao secretário de Segurança Pública do Estado, o general João Camilo, e pede que ele converse sobre o mesmo assunto com o vice-governador, Rodrigo Garcia.

Crespo pediu substituição de delegado em e-mail — Foto: Reprodução/TV TEM 

No dia 4 de janeiro, o prefeito de Sorocaba pede uma reunião com o secretário para apresentar provas contra o delegado seccional Marcelo Carriel, que, segundo ele, não poderia continuar no cargo. O prefeito alegava que só o general poderia resolver a situação.

Crespo pediu substituição de delegado em e-mail — Foto: Reprodução/TV TEM 

Em outra tentativa, o prefeito José Crespo procura o governador João Dória (PSDB) para sugerir possíveis indicações de nomes para assumir a delegacia seccional de Sorocaba. Na mensagem, de fevereiro deste ano, Crespo diz que a decisão do governador sairia até o dia 31 de março.

Mas antes de uma possível decisão por parte do governador, Crespo já teria um nome para indicar como novo delegado seccional de Sorocaba: o delegado licenciado José Humberto Urban Filho, que atualmente é o secretário de Prevenção e Combate às Drogas de Sorocaba. Ele foi nomeado no dia 14 de janeiro, após mudanças no secretariado promovidas pelo prefeito.

Crespo pediu substituição de delegado em e-mail — Foto: Reprodução/TV TEM 

No dia 3 de março, Crespo manda um e-mail para o secretário Urban. Na mensagem, ele pergunta se Urban ainda desejava ser nomeado seccional de Sorocaba e disse que acreditava que conseguiria isso. O prefeito finaliza o texto com letras maiúsculas dizendo que iria trabalhar conforme a vontade de Urban e pede instruções do que fazer.

O mês de março passou, sem a possível mudança solicitada pelo prefeito ao governador, ao vice-governador e ao secretário estadual de Segurança Pública. No dia 17 de abril, uma semana depois de deflagrada a operação Casa de Papel da Polícia Civil, o prefeito foi para a capital, onde participou de uma reunião com o secretário de Segurança Pública do Estado. O assunto discutido não foi revelado.

A secretaria de Segurança Pública confirmou a reunião, e a prefeitura disse que a ida do prefeito era corriqueira, para tratar de diversos assuntos.

O prefeito José Crespo confirmou que os emails são verdadeiros e que eles teriam sido enviados antes da operação Casa de Papel. Disse ainda que as informações que ele passou ao secretário de Segurança Pública eram sigilosas e que o prefeito queria que as denúncias contra o delegado seccional fossem investigadas.

Em nota, a assessoria afirmou que "causa estranheza que um email sigiloso enviado à Secretaria de Segurança Pública tenha chegado à imprensa". Crespo disse que vai pedir que o vazamento das informações seja investigado.

A Delegacia Geral de Polícia informou que não houve qualquer sugestão para a transferência de policiais em Sorocaba, que obedece "estrito critério técnico e de interesse da administração da Instituição Policial Civil".

A Delegacia Geral disse também que não houve interferência do Governo do Estado ou da Secretaria da Segurança Pública nas investigações deflagradas pela Polícia Civil em Sorocaba.

O delegado Seccional de Sorocaba, Marcelo Carriel, disse à TV TEM que tem conhecimento dos fatos, mas não vai comentar o assunto.


G1

DELEGADOS.com.br
Portal Nacional dos Delegados & Revista da Defesa Social

 

1
0
0
s2smodern

Destaques