Mai 09, 2021

Polícias Civil e Militar desarticulam célula criminosa no litoral do Piauí

1
0
0
s2smodern

Em resposta aos vídeos que circularam nas redes sociais desse último fim de semana, onde bandidos armados ameaçavam desafetos e as forças policiais de Luís Correia, a Polícia Civil e a Polícia Militar, bem como a Força Tática, de Luís Correia, empreenderam esforços para identificar, localizar e prender todos os integrantes da quadrilha.


Na tarde de ontem, por volta das 13h30, estes mesmos delinquentes, conduzindo um Fiat Siena e munidos de coletes a prova de bala, teriam também efetuado vários disparos contra a residência de um rival e reiterado suas pretensões criminosas no litoral do Piauí. Hoje policiais civis e militares, após uma troca de tiros no Porto da Lama, efetuaram a prisão de um deles e poucas horas conseguiram prender os demais no Bairro Santa Luzia.


Com eles foram encontrados mais armas de fogo, uma balança de precisão, um rolo de papel-alumínio, drogas prontas para o comércio e uma pequena plantação de maconha.


Acredita-se que os suspeitos sejam faccionados e buscavam monopolizar o tráfico de drogas entre Luís Correia e Cajueiro da Praia.


As forças policiais litorâneas aproveitam o ensejo para agradecer o apoio dos cidadãos que colaboraram nesta operação tão bem-sucedida e reiterar o compromisso de prestar um serviço de segurança pública melhor e mais eficaz.

 


Um dos suspeitos responde por receptação, está envolvido com com tráfico de drogas em Teresina e já foi alvejado após uma troca de tiros com a Polícia. Outro responde por furto, roubo, tráfico de drogas e vários homicídios em Camocim.


Este atrapalhou as investigações dando o nome do irmão. Ambos são faccionados.


Em meio à lavratura do Auto de Prisão em Flagrante, outro crime que chocou Luís Correia foi desvendado e novas prisões devem ocorrer em breve.


A Polícia Civil ainda procura o resto das armas expostas no vídeo, assim como os demais componentes do bando.


DELEGADOS.com.br
Portal Nacional dos Delegados & Revista da Defesa Social

 

1
0
0
s2smodern

Destaques