Dez 12, 2019

Faça seu login

Usuário*
Senha*
Lembrar de mim

Suspeito de matar delegado achado carbonizado em carro morre em confronto com a polícia

1
0
0
s2smodern

Marco Torres era delegado de Polícia Civil em Barra da Estiva — Foto: Reprodução/ Facebook 

O homem suspeito de sequestrar e matar o delegado Marco Antônio Torres, no ano passado, na região da Chapada Diamantina, na Bahia, morreu em confronto com a polícia na madrugada desta quinta-feira (21).

De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), Amauri Francisco de Sousa, conhecido como "Babá", era representado pelo 'Oito de Paus' do Baralho do Crime, e foi localizado durante uma operação conjunta feita no município de Utinga, também na Chapada Diamantina.

Segundo a SSP, o suspeito estava com um comparsa, identificado como "Van do Cocau", em uma região de mata, na zona rural da cidade. Ao perceber a aproximação dos policiais, a dupla atirou contra os policiais e foi ferida. Os dois chegaram a ser socorridos e levados para o Hospital Municipal de Utinga, mas não resistiram aos ferimentos, informou a Secretaria de Segurança Pública.

Com os suspeitos foram encontrados uma espingarda e uma escopeta, ambas de calibre 12, um revólver calibre 38, uma pistola calibre 9 milímetros, de uso restrito, e munição de diversos calibres, de acordo com informações divulgadas pela SSP.

"Babá" mantinha acampamento e cultivava uma roça de aproximadamente 12 mil pés de maconha no local, informou o órgão de segurança. No alojamento, que funcionava como esconderijo, a dupla tinha chuveiro elétrico, wifi e uma geladeira bem abastecida, segundo a SSP.

Ainda conforme a secretaria, além de sequestro, "Babá" tinha outros seis mandados de prisão em aberto por associação criminosa, homicídio qualificado, tráfico de drogas, extorsão mediante sequestro, roubo e porte ilegal de arma. Ele também era investigado por um triplo homicídio ocorrido na cidade de Souto Soares. Já "Van do Cocao" tinha um mandado de prisão preventiva em aberto.

Participaram da ação policial, unidades da Coordenação de Operações Especiais (Coe), 13ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/ Seabra), Comando de Policiamento da Região da Chapada, Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Semiárido e 7º Batalhão de Polícia Militar (BPM/ Comando Regional da Chapada).

Babá morreu em confronto com a polícia na cidade de Utinga, na Chapada Diamantina — Foto: SSP

O corpo do delegado Marco Antônio Torres foi encontrado dentro do carro dele, no dia 13 de abril de 2018. Ele havia desaparecido no dia anterior após sair para viajar. A identificação foi feita um dia após o corpo ser achado no veículo.

Marco era delegado titular da cidade de Barra da Estiva e substituto do município vizinho de Ibicoara. Ele sumiu logo depois que saiu de estiva para ir a Vitória da Conquista -- a distância entre as duas cidades é de cerca de 190 km. Ele dirigia uma caminhonete e levava uma motocicleta na carroceria.

Marco Antônio iniciou a carreira de policial em Minas Gerais, onde atuou como investigador, e trabalhava na polícia baiana há quase 10 anos. À época do crime, a Polícia Civil da Bahia divulgou nota de pesar pela morte do delegado.

Marco Antônio Torres foi sepultado na cidade mineira de Governador Valadares, no dia 14 de abril.

Corpo do delegado foi encontrado carbonizado dentro de carro queimado na Bahia — Foto: Reprodução/ TV Sudoeste .

G1


DELEGADOS.com.br
Portal Nacional dos Delegados & Revista da Defesas Social

1
0
0
s2smodern

Destaques