Out 21, 2020

'Prisão perpétua', diz pichação em casa de estuprador de 5 mulheres

1
0
0
s2smodern


MINAS GERAIS

28fev10-mg-maniaco-2A casa onde mora o pintor Marcos Antunes Trigueiro, 32 anos, apontado pela polícia de Minas Gerais como o maníaco que estuprou e matou cinco mulheres na região metropolitana de Belo Horizonte, teve o muro pichado durante a madrugada deste sábado.

A frase "Prisão perpétura pra esse fulano" foi escrita com uma tinta spray prata. No local, que fica no bairro Industrial em Contagem, mesma região onde as vítimas foram abordadas, moram o pintor, a mulher dele, Rose de Paula Câmara, 27 anos, além da filha do casal, que tem um ano e após a prisão dos pais está sob a guarda da avó materna. Um irmão do suspeito ocupa um imóvel dentro do mesmo lote. O autor da pichação não foi localizado.

O advogado de Trigueiro, Rodrigo Bizzotto Randazzo, disse que na segunda-feira vai tentar a libertação da mulher de Marcos, que também foi presa por receptação. Ela estava, segundo a polícia, com o celular de uma das vítimas.

Em depoimento que durou mais de seis horas e só terminou no final da noite desta sexta-feira, Marcos Antunes Trigueiro detalhou todos os cinco assassinatos. "Em todos os casos ele disse que estrangulou as vítimas não para matar, mas sim para apenas desmaiá-las. Essa informação é importante porque a estratégia passa pela idéia de tentar tirar o dolo, que é a intenção," disse Bizzotto.

O delegado Wagner Pinto, chefe da Divisão de Crimes Contra da Vida, confirmou a informação, mas afirmou que "tudo não passa de uma estratégia de defesa (do suspeito). Como ele pode argumentar que queria apenas desmaiar se após três crimes ele andou com os corpos dentro do carro por mais de uma hora," rebateu.

terra

DELEGADOS.com.br
Portal Nacional dos Delegados
Revista da Defesa Social

1
0
0
s2smodern

Destaques