Out 23, 2020
1
0
0
s2smodern

PERNAMBUCO

Foi preso na manhã de ontem, em Olinda, o ator Marcos Antonio Sabino, de 31 anos, acusado de matar o colecionador de arte Luiz José Paes Vasconcelos, de 66 anos, no início de janeiro. Vasconcelos foi morto com golpes de faca, no apartamento alugado por Marcos Antonio, no Edifício Studio José Norberto, à Rua Félix de Brito, no bairro de Boa Viagem.

O corpo foi encontrado no dia 8 de janeiro, em estado avançado de decomposição, coberto por um lençol. A perícia constatou que a morte foi causada por golpes de faca. No local, o Instituto de Criminalística recolheu uma faca, uma seringa e uma bermuda, encontradas dentro de um saco de lixo.

O colecionador teria ido ao local cobrar uma dívida de R$ 10 mil, referente a empréstimos. Após alguns dias desaparecido, Marcos Antonio Sabino se apresentou à polícia e alegou que a morte de Vasconcelos teria sido um acidente, após uma discussão, seguida de luta corporal. Segundo o ator, Luiz Vasconcelos teria tropeçado e caído sobre uma faca, que o feriu no pescoço.

De acordo com a delegada Silvana Carla, da Delegacia do Espinheiro, a prisão preventiva foi decretada porque o juiz considerou a possibilidade de fuga, já que Marcos Antonio mudou de endereço. O acusado foi preso num flat localizado na avenida Carlos de Lima Cavalcanti, em Olinda. No local, a polícia apreendeu um passaporte emitido em 1º de fevereiro de 2010 .

O ator foi encaminhado ao Centro de Observação e Triagem Dr. Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima. Acusado de homicídio qualificado (sem chance de defesa para a vítima), se for condenado pelo crime, Marcos Antonio Sabino pode ter pena entre 12 e 30 anos de prisão.

diário de pernambuco

DELEGADOS.com.br
Portal Nacional dos Delegados
Revista da Defesa Social
1
0
0
s2smodern

Destaques