Dez 13, 2017

Faça seu login

Usuário*
Senha*
Lembrar de mim

Presidenta da ADPJ, Cinthia de Lima busca direitos da classe junto ao Senado

1
0
0
s2smodern


A presidenta do Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Tocantins – Sindepol/TO, Cinthia Paula de Lima, eleita em agosto deste ano como presidenta da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Judiciária – ADPJ. Está no Distrito Federal em busca da aprovação de diversos projetos de interesse dos Delegados de Polícia de todo Brasil, junto a Senadores, em especial os líderes de bancada.

 

Nesta quarta-feira, 13, foi aprovado pela Conselho de Constituição e Justiça - CCJ do Senado, em caráter terminativo, o Projeto de Lei do Senado - PLS Nº 366/2015, que estabelece o contraditório relativo ao inquérito policial. O projeto valoriza os elementos de prova produzidos no inquérito, dando valor probatório àqueles produzidos sob a supervisão do Delegado de Polícia e com a participação da defesa, sendo um marco normativo muito importante para dar celeridade ao processo penal, que poderá utilizar na ação penal todas as provas colhidas e instrumentalizadas no inquérito policial.

 

O trabalho começou com a elaboração do projeto feito pelos integrantes do Fórum Nacional dos Delegados de Polícia - FONAED, e deu sequência junto ao Senado Federal para acolhimento da proposta e aprovação. A ADJP parabeniza os Senadores que votaram a favor, em especial o autor e o relator do Projeto, Senadores Roberto Rocha e João Capiberibe, respectivamente.

 

 

Segundo Cinthia Paula de Lima, o objetivo dessa semana é avançar com outros projetos, em especial o Projeto de Lei da Câmara - PLC Nº 07/2016, “esse projeto é fruto do trabalho do FONAED e da ADPJ, e que se encontra pronto para ser apreciado em Plenário. Nesta semana diversos Senadores manifestaram apoio ao projeto, razão pela qual esperamos que seja apreciado muito em breve, sendo um novo marco na efetiva proteção da vítima de violência doméstica e para os delegados de polícia,” afirma a presidente.

 

 

Estão em Brasília – DF, a presidente nacional da ADPJ, delegada Cinthia Lima (TO), o primeiro vice-presidente nacional, delegado Steferson (PB), a presidente da região sudeste, delegada Marilda (SP), a presidente da região centro-oeste, delegada Silvana (GO), e os dirigentes da ADPJ, delegados Rafael (DF), Benito (DF), Andre (SP) e Hertha (PB).

 


Associação Nacional dos Delegados de Polícia Judiciária – ADPJ

 

A ADPJ pretende aprimorar a instituição policial, sua doutrina, normas e princípios de atuação funcional, além de trabalhar em defesa dos direitos dos delegados e suas reivindicações.

 

A instituição tem como objetivo resguardar os interesses dos associados, promovendo e estimulando a união da classe e o desenvolvimento cultural e profissional dos integrantes, além de colaborar com as autoridades ao apresentar propostas relativas aos interesses da categoria.


Ascom Sindepol/TO

 

DELEGADOS.com.br
Portal Nacional dos Delegados & Revista da Defesa Social

 

1
0
0
s2smodern

Destaques