Dez 14, 2017

Faça seu login

Usuário*
Senha*
Lembrar de mim

Juíza que realiza audiências pelo WhatsApp é finalista do prêmio Innovare

1
0
0
s2smodern

 

A juíza Ana Cláudia Torres Vianna, titular da 6ª Vara do Trabalho de Campinas e diretora do Fórum Trabalhista da cidade, é finalista na categoria juiz do XIII Prêmio Innovare. A magistrada foi indicada pelo projeto Mídia e mediação: utilização do aplicativo WhatsApp como instrumento de diálogo entre litigantes.

 

A iniciativa foi pensada pela juíza e pela equipe do Centro Integrado de Conciliação (CIC) de 1º Grau da Circunscrição de Campinas - que é coordenado por Ana Cláudia -, para realizar a conciliação entre patrões e empregados de forma eficaz e mais rápida. Segundo a magistrada, as audiências via WhatsApp foram bem recebidas pelo público e a procura para realizar conciliações pela rede social tem aumentado cada vez mais. A primeira audiência foi realizada em junho de 2016 e, como a juíza conta, são inúmeras audiências realizadas nessa modalidade, com índice de conciliação superior a 80%.

 

Sobre a indicação ao Prêmio Innovare, Ana Cláudia afirma que é um marco importante para toda a Justiça do Trabalho, que continua firme e forte cumprindo a sua missão de conciliar pessoas.

 

O projeto já recebeu menção honrosa no Prêmio Conciliar é legal, do Conselho Nacional de Justiça. A magistrada conta que, com mais essa indicação, os objetivos estão sendo alcançados. Queremos promover o diálogo entre as partes e a mediação humanizada e acolhedora, salienta. Um dos nossos maiores objetivos é mudar a cara do Judiciário.

 

Vantagens

 

Para a magistrada, entre as vantagens de utilizar o WhatsApp como instrumento de diálogo entre litigantes está a facilidade de acesso, a economia de custos com deslocamento e a maior disponibilidade de tempo para a negociação, uma vez que a mediação pode ser feita de qualquer lugar. Ter um instrumento desse à disposição contribui muito para o diálogo, enfatiza Ana Cláudia.

 

Prêmio Innovare

 

O Prêmio Innovare é a mais importante premiação da Justiça brasileira e procura valorizar iniciativas que buscam soluções para os enormes desafios de natureza administrativa ou judiciária enfrentados por todos que atuam no sistema de justiça.

 

Criado em 2004, o Prêmio já registra cerca de cinco mil práticas inscritas e mais de 150 premiadas. A iniciativa é uma realização do Instituto Innovare, da Secretaria Nacional de Cidadania e Justiça do Ministério da Justiça, da Associação de Magistrados Brasileiros (AMB), da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), da Associação Nacional dos Defensores Públicos (Anadep), da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) e da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), com o apoio do Grupo Globo.

Os vencedores de cada categoria serão revelados no próximo dia 6 de dezembro.

 

Jurisway

 

DELEGADOS.com.br
Revista da Defesa Social & Portal Nacional dos Delegados

 

 

 

 

1
0
0
s2smodern

Destaques